Eventos externos ou internos: qual investir?

Data: 04/12/2019

Compartilhe

Na hora de planejar um evento uma das perguntas mais frequentes é: devo investir em um evento externo ou interno? E a verdade é que isso irá depender muito do seu objetivo.

 

Eventos corporativos internos

 

Esta é uma ação que as empresas têm adotado para seus colaboradores, muitas vezes para incentivar a interação e criar momento de descontração no ambiente corporativo. Isso permite que o local se torne mais agradável, auxilia no aumento da produtividade e ainda reduz a taxa de rotatividade da empresa.

Alguns tipos de eventos internos podem ser:

Café da manhã: promovidos para diversos fins, unir equipe de diversos departamentos, aproximar gestores e colaboradores, celebrar o atingimento de metas, comemorar datas especiais. Em algumas empresas os cafés da manhã são promovidos constantemente, em certos dias da semana.

Festa de aniversário: quando uma empresa realiza uma pequena festa de aniversário para os colaboradores, ela acaba demonstrando que realmente se importa com eles e isso cria uma relação afetuosa.

Confraternização: elas podem servir para comemorar o atingimento de metas e festejar o fechamento de mais de um ano.

Palestra: a empresa pode convidar um palestrante para repassar seus conhecimentos e experiências para a equipe ou para motivá-la. Isso mostra que a empresa está preocupada com o crescimento de seus colaboradores a ponto de investir seus recursos financeiros nas suas capacitações.

Workshop: os profissionais podem aproveitar para estreitar laços e trocar experiências.

Integração: os eventos de integração servem para aproximar e unir as diversas equipes e colaboradores da empresa. Esses eventos podem envolver esportes, almoços, jantares, happy hours, viagens e passeios.

 

 

Eventos corporativos externos

 

Já os eventos externos podem reunir não apenas os colaboradores, mas também os clientes. Além disso, eles possuem o poder de renovar as energias e estimular o trabalho através de um ambiente diferente e, assim como os eventos internos, possuem vários tipos:

Confraternizações: uma confraternização poderá ser realizada em buffets, chácaras e ambientes que deixam mais propícios para diversão e interação dos colaboradores da empresa.

Cursos: seja para os colaboradores ou para os clientes, eles podem ser organizados para acontecerem com certa periodicidade e tem tempo de duração variável. Isso deixará claro que a empresa presa pelo aperfeiçoamento de seus funcionários, ao invés de uma substituições.

Workshops: mesmo que também possa acontecer internamente, quando desenvolvidos fora do ambiente corporativo tendem a ser mais extrovertidos e criam uma interação muito maior, estreitando laços e gerando expectativa quanto ao evento.

Seminários: são reuniões onde um determinado assunto é desenvolvido mais com profundidade e que concentra uma série de atividades para propor a interação dos participantes.

Feiras e exposições: são eventos de grandes proporções onde são reunidas várias empresas expositoras que possuem como objetivo apresentar suas empresas. Por isso, dificilmente podem ser realizadas na própria empresa.

 

E aí, já sabe qual é a melhor opção para o seu caso? Seja qual for o evento escolhido tenha sempre em mente qual o objetivo dele e conte com a Zoli Eventos para torná-lo inesquecível.

www.zolieventos.com.br